Domingo, 22 de Novembro de 2009

A D LOUSADA FIM SEMANA 21 E 22 NOVEMBRO 2009

II Divisão Zona Norte: Boavista 2-3 Lousada

 





O dia de hoje, vai ficar marcado para sempre na história da Associação Desportiva de Lousada. Pela primeira vez em 60 anos de existência, o nosso clube venceu um campeão nacional.

Para além disso, os comandados de António Carvalho conseguem a primeira vitória no campeonato, o que permite igualar o Paredes na penúltima posição da classificação. Numa primeira parte de domínio total dos locais, o Lousada entrou para a etapa complementar de forma transfigurada e realizou uma exibição essencialmente exemplar, na melhor partida da temporada.

A constituição das equipas foi a seguinte:

BOAVISTA FC: Avelino, Ribeiro, Jorge Silva, Jorge Rodrigues, José Carlos, Edu, Pedrosa, Carlos Miguel, André Pereira, Paulo Campos e Fonseca. Suplentes: Nuno, Daniel, Joca, Cadinha, Sérgio, Alex Machado e Nuno Lopes.

Treinador: Jorge Madureira

AD LOUSADA: Orlando, Ricardo Jorge, Simão Coutinho, Couto, Alex, Miguel Moreira, Luís Manuel, Fininho, Sérgio Gameiro, Tonanha e Zé Miguel. Suplentes: Miguel, Daniel Dias, Pisco, Raul, Perry, Rui Lopes e Jorge.

Treinador: António Carvalho

Ainda não havia decorrido o primeiro minuto de jogo e o Lousada criava a primeira ocasião de golo, com Tonanha na direita a colocar em Luís Manuel, na meia-lua á entrada da grande área, para um remate potente ao qual Avelino amarrou com segurança. Volvidos dois minutos, novamente Tonanha a evidenciar-se na partida, ultrapassando três adversários, junto á linha final faz o cruzamento tenso para o interior da grande área, valendo a pronta intervenção do guardião axadrezado.

Com o decorrer da partida, a qualidade de jogo foi diminuindo gradualmente e perto da meia hora de jogo surgiram lances de relevo na partida. Aos 23 minutos, boa jogada colectiva da turma do Bessa, Carlos Miguel coloca na esquerda em André Pereira que remata para uma excelente parada de Orlando. Na resposta, Sérgio Gameiro surge na cara de Avelino, mas não consegue desfeitear o guardião da turma da casa.

Porém, aos 27 minutos, numa falha da defensiva do Lousada, Pedrosa esgueira-se aos centrais lousadenses, aproveita o adiantamento de Orlando e remata em jeito, com a bola a fazer um “chapéu” ao guardião lousadense. Estava aberto o marcador no Estádio do Mar para os locais. Orlando nem esboçou qualquer esforço, limitando-se a ver o esférico a entrar na sua baliza.

Dois minutos depois, Miguel Moreira, á entrada da grande área, toca curto para Fininho rematar forte e rasteiro, com a bola a rasar o poste esquerdo da baliza de Avelino.

Antes do intervalo, o Lousada criou uma oportunidade que podia ter dado o golo ao Lousada, quando aos 44 minutos, Sérgio Gameiro coloca na direita em Tonanha, que cruza para a entrada da pequena área, valendo o corte providencial do capitão Jorge Silva a aliviar o esférico pela linha final.

Após o reatamento da partida, o Lousada entra totalmente galvanizado e com uma atitude de determinação. Aos 47 minutos, Sérgio Gameiro coloca na esquerda em Fininho, que cruza para Zé Miguel desviar com muito perigo. Estava dado o primeiro ensaio para o que viria a passar-se logo no minuto seguinte. Desta feita, o capitão Miguel Moreira faz um passe absolutamente magistral para Fininho colocar rasteiro em Zé Miguel, que num toque subtil, faz o primeiro do Lousada e restabelece a igualdade.

Aos 52 minutos, o árbitro José Rodrigues castiga falta do central Couto sobre um contrário. Na conversão do pontapé livre na esquerda, cobrado por André Pereira para o interior da grande área, eis que surge nas alturas, Jorge Rodrigues a cabecear à barra da baliza de Orlando.

Alguns minutos depois, Jorge Madureira opera duas alterações de imediato, com o objectivo de alterar o rumo dos acontecimentos. Saem Paulo Campos e André Pereira, para as entradas de Cadinha e Nuno Lopes, respectivamente. Era a aposta do técnico boavisteiro, colocando a “carne toda no assador” para chegar ao golo.

O técnico lousadense responde de imediato e lança Rui Lopes para o lugar de Sérgio Gameiro, com a finalidade de refrescar o meio-campo lousadense.

No entanto, aos 64 minutos, surge um dos momentos de maior polémica de toda a partida. Tonanha esgueira-se pela direita e perto da linha de meio-campo, é derrubado por Ribeiro. Para espanto dos presentes, o juiz da partida, sem contemplações, exibe o vermelho directo. Contestação e muita indignação dos adeptos afectos ao clube do Bessa, que se mostram extremamente revoltados com a decisão.

Em inferioridade numérica, o Lousada aproveitou para organizar sucessivas jogadas de contra-ataque e aos 70 minutos, Rui Lopes coloca na esquerda em Fininho que cruza para a grande área, Zé Miguel simula que desvia para enganar o guardião Avelino e no segundo poste, Tonanha fuzila para o segundo tento do Lousada, colocando a formação lousadense, pela primeira vez, na frente do marcador.

Contudo, apesar do Boavista estar com apenas 10 unidades em campo, conseguem restabelecer novamente a igualdade, quando aos 75 minutos, o “mágico” Pedrosa faz um cruzamento milimétrico para Fonseca, que voa para a bola e cabeceia para o fundo da baliza. Explosão nas bancadas, com várias dezenas de adeptos do Boavista a festejar a igualdade. A claque dos locais erguia as suas bandeiras, com cânticos de grande entoação e altivez.

Volvidos quatro minutos, surge mais um momento de enorme contestação por parte dos adeptos boavisteiros, quando aos 79 minutos, Pedrosa, em mais uma jogada de grande recorte técnico, tira alguns adversários do caminho, cruza para a grande área e um elemento da defensiva do Lousada desvia supostamente o esférico com o braço. Os atletas do Boavista exaltam-se, os adeptos aumentam o tom dos insultos em uníssono, reclamando grande penalidade.

E aos 82 minutos, boa jogada de contra-ataque da formação de António Carvalho, no interior da grande área, o defesa Zé Carlos falha a intercepção e Tonanha remata colocado ao poste mais distante, colocando o Lousada novamente na frente do marcador. O avançado lousadense fazia o segundo na sua conta pessoal.

O Boavista responde três minutos depois, em mais uma magnífica jogada individual de Pedrosa pela direita, cruza para o interior da grande área, Nuno Lopes antecipa-se a Simão Coutinho e atira ligeiramente por cima. A equipa da casa continua a pressionar a defensiva lousadense e minutos depois, Alex Machado na esquerda, coloca em Nuno Lopes que estoira para uma portentosa intervenção de Orlando a negar o golo ao Boavista.

Já perto do final da partida, o árbitro concede quatro minutos de compensação, que são disputados em alto risco. O avançado Nuno Lopes volta a estar em evidência ao escapar á marcação da defensiva lousadense, valendo Orlando a sair dos postes e pontapear o esférico. Na resposta, Fininho faz uma incursão percorrendo toda a ala esquerda e perto da grande área, atira cruzado com a bola a tirar tinta ao poste direito da baliza à guarda de Avelino. A dois minutos do apito final, Nuno Lopes reclama que foi derrubado no interior da grande área e nova contestação dos locais á equipa de arbitragem chefiada por José Rodrigues.


DECLARAÇÕES DOS TÉCNICOS:

• NOTA: O técnico Jorge Madureira não esteve disponível para falar à comunicação social, ficando as declarações do presidente do Boavista em representação do clube.



ALVARO BRAGA JUNIOR (PRESIDENTE BOAVISTA FC): “Jogamos mal, o Lousada esteve melhor e encontramos um árbitro que teve uma actuação inqualificável. A somar isto tudo, a derrota está perfeitamente justificada no meu entender e parabéns ao Lousada que esteve muito melhor no jogo do que nós. Eu não “tapo o sol com a peneira”. É evidente que a expulsão me parece ridícula, creio que há uma grande penalidade no mínimo a nosso favor, mas isso são circunstâncias do jogo. A obrigação desta equipa do Boavista, com todo o respeito pela equipa do Lousada, era de ser superior durante os 90 minutos.

Os jogos não duram 45 minutos, duram 90 mais o tempo de compensação que o árbitro entende dar e portanto, temos que nos penalizar a nós próprios e independentemente de alguns erros da arbitragem que nos prejudicaram. Mas antes de tudo o mais, devemos fazer uma auto-critica e perceber que não abordamos bem o jogo como é evidente. Está na altura da equipa “abanar”, vamos com três derrotas consecutivas depois de um período muito bom e naturalmente que tudo isto tem de ter uma explicação e temos que dar a volta por cima. Este clube não se compadece com derrotas consecutivas e como tal, vamos ter que agitar e inverter esta situação. Ainda há muito campeonato, mas qualquer das maneiras, eu penso que a equipa do Boavista tem obrigação de mais e melhor”.


ANTÓNIO CARVALHO (TÉCNICO DO LOUSADA): “Temos vindo a fazer boas exibições, nos últimos três jogos, até ao jogo de hoje, temos feito boas exibições e a nossa grande lacuna tem sido o sector ofensivo. Hoje, foi mais um jogo que conseguimos anular o adversário, que é um crónico do futebol português, que neste caso é o Boavista. Foi a primeira vitória, de facto, mas espero bem que seja a primeira de muitas. Tivemos um campo ao nosso tipo de futebol, ao nosso estilo de jogo, para a nossa filosofia de jogo. Um campo grande, com muita largura, com muito comprimento, que dá perfeitamente para nós explanar-mos o nosso futebol e viu-se o jogo que nós fizemos.

Fizemos três golos, podíamos ter feito mais, fomos uma equipa muito organizada, contra uma equipa do Boavista que sabíamos como funcionava, encaixamos bem no sistema deles e acho que foi uma vitória boa para nós, que derivado ao adversário que é, vai-nos moralizar para o campeonato e se calhar, vai-nos galvanizar para fazer um campeonato condizente com o real valor da nossa equipa. Quero dedicar, acima de tudo, esta vitória ás pessoas que acreditam e confiam em nós. Este campeonato é muito competitivo, mas nós temos que arrepiar caminho, senão criasse um fosso no fundo da tabela e nós queremos sair de lá. Demonstramos hoje com o Boavista e vamos demonstrar acima de tudo, com o Espinho. Vamos trabalhar esta semana para preparar o jogo de Espinho. As pessoas, a direcção e os sócios podem acreditar e convencer-se que vamos fazer tudo para ganhar”.

 

Infantis: Lousada goleia em Baião

 

Pela primeira vez esta temporada, a formação de Telmo Mendes consegue duas vitórias consecutivas e consegue ganhar pontos aos mais directos adversários.

Perante um adversário acessível e que luta para fugir aos últimos lugares da classificação, o Lousada patenteou a sua superioridade face ao seu opositor e amealhou três importantes pontos que lhe permitem ultrapassar o Macieira, que esta jornada cumpriu folga.

Nos outros jogos desta série, o destaque vai para a surpreendente vitória do Várzea frente ao Lixa por 2-1. A turma natural de Felgueiras era a última classificada do campeonato e simultaneamente, é a pior defesa do campeonato. O Alpendorada regressou ás vitórias, goleando a AD Marco 09 por 4-0.

Na próxima jornada, a equipa lousadense volta a jogar em casa, recebendo o Amarante. Um dérby á moda do Vale do Sousa entre duas equipas que estão separadas apenas por três pontos.

Juniores: Lousada empata na Lomba

 

O Lousada esteve perto de conseguir o primeiro triunfo fora de portas nesta temporada. Num jogo recheado de muitos golos, a formação de Miguel Guimarães protagozizou uma boa exibição e lutou sempre até ao último apito do árbitro.

Ao intervalo, o empate a uma bola espelhava um jogo equilibrado, onde as equipas ambicionavam a vitória. No inicio do segundo tempo, o Académico coloca-se de novo em vantagem, mas a igualdade surge novamente.

O jogo alcançou uma dinamica alucinante, com ocasiões de golo para as duas equipas. A equipa da casa volta a marcar e coloca o Académico na frente do marcador. Quando todos pensavam que a vitória já não fugia aos amarantinos, o Lousada restabelece novamente a igualdade muito perto do final da partida.

Apesar desta igualdade, o Lousada conseguiu manter o seu sexto lugar na classificação, com 17 pontos. No entanto, acabou por ser alcançado pelo Amarante FC que foi a Penafiel vencer por 3-2. Em alta, continua a equipa do Rebordosa que continua na senda das vitórias e esta tarde, foi a Gondomar golear o Ataense por 6-0. A grande surpresa da jornada vai inteiramente para a derrota do Vila Mea na Lixa. A formação da Lixa, que ocupa a penultima posição na tabela classificativa, bateu o pé ao terceiro classificado, vencendo por 3-0.

Nos lugares cimeiros, houve troca de líderes. O Paredes que entrava para esta joranada sem qualquer derrota, acabou por perder no derby concelhio em Lordelo por 3-2 e cedeu a liderança ao Paços de Ferreira. A formação pacense aproveitou o desaire do rival da melhor forma e foi a Valongo golear o Valonguense por 4-0.

Nos outros jogos desta jornada, o Aliança de Gandra continua sem vencer. Depois de ter perdido em Lousada na ronda anterior por 3-0, a equipa de Gandra voltou a sofrer "chapa 3", na recepção ao Sousense. Já o São Pedro da Cova continua em queda vertiginosa e nesta jornada, averbou derrota caseira frente ao Tirsense (0-1).

Na próxima jornada, o Lousada irá receber o Aliados de Lordelo e em caso de vitória, poderá alcançar um dos quatro primeiros lugares do campeonato.

Escolas: Lousada 3-1 Valonguense

 





Num encontro de elevado grau de dificuldade perante um adversário com as aspirações ao título, a formação lousadense obteve a vitória, fruto de um primeiro tempo onde dominou por completo e no segundo tempo, conseguindo suster as sucessivas vagas ofensivas em direcção à baliza. Um triunfo precioso que coloca a formação de Joel Mendes no sexto posto da classificação, em igualdade com o FC Felgueiras.

A constituição das equipas foi a seguinte:

AD LOUSADA: Francisco Loureiro, Rui Duarte, Luís Costa, João Teixeira, Luis Paulo, Juliano Alves, Quaresma, José Magalhães, Luis Filipe, Claudio Cunha e José Faria.

Treinador: Joel Mendes

UD VALONGUENSE: André Gomes, Guilherme Lopes, António Machado, Simão Martins, Leandro Meireles, Fábio Rocha, Tiago Rocha, Bruno Silva, Jorge Rebelo, Daniel Barbosa e Nuno Cardoso.

Treinador: Eduardo

O primeiro sinal de perigo coube aos forasteiros, quando aos 4 minutos, Simão Martins coloca em Daniel Barbosa que atira para boa intervenção do guardião lousadense.

No entanto, o Lousada veio a tomar conta da partida e foi com naturalidade que aos 10minutos, após um cruzamento da esquerda, Juliano surge no interior da grande área e remata rasteiro e colocado para o fundo da baliza. Os locais adiantavam-se na frente do marcador, justificando o dominio exercido até ao momento.

O Valonguense sentiu muito o tento inicial, revelando muito nervosismo na transição ofensiva. Três minutos após o golo de Juliano, o Lousada volta a fazer funcionar o placard, com José Faria, mais conhecido por "Rafa", a ampliar a vantagem, através de um sobervo chapeu ao guardião André Gomes.

No segundo tempo, os forasteiros entraram a pressionar o último reduto lousadense em busca do golo que lhes pudesse dar alento para protagonizar a reviravolta. Aos 36 minutos, João Teixeira faz um corte com o braço no interior da grande área. O árbitro da partida não hesita e assinala o castigo máximo.

Chamado a converter, o capitão Jorge Rebelo atira á figura do guardião lousadense e na recarga faz golo. Era o renascer da esperança para os pequenos de Valongo que ainda ambicionavam a igualdade. André, o guardião lousadense que rendeu Francisco, ainda segurou o primeiro remate, mas o segundo acabou mesmo por entrar.

Após este tento, o Valoguense veio em busca de novo golo e criou boas ocasiões para marcar. No entanto, numa jogada de contra-ataque, Juliano é derrubado no interior da grande área e o árbitro volta a marcar penalti. O craque Quaresma, encarregue de executar a penalidade, atira a contar, aumentando para 3-1.

Na próxima jornada, a equipa lousadense de Joel Mendes desloca-se até ao Marco de Canavezes para defrontar o "lanterna vermelha" Alpendorada que apenas somou um ponto nos sete jogos realizados.

 

Iniciados: Lousada em queda

 
Os Iniciados lousadenses voltam a marcar passo na luta pela manutenção no campeonato da 1ª divisão da AF Porto, série 2. Na manha de hoje, o Lousada foi até Guimarei, uma pequena localidade dos arredores de Santo Tirso, para defrontar o Tirsense, onde perdeu por 3-1.

Numa partida entre duas equipas que estavam nos últimos lugares da classificação, a vitória era a única chave disponível para escapar às derradeiras quatro posições de descida de divisão. Na partida de hoje, o Lousada abriu o activo por intermédio de Ricardo, mas acabou por consentir a igualdade antes do intervalo. A segunda parte, acabou por ser, mais uma vez, fatal para as ambições lousadenses, onde sofreu dois golos e consentiu nova derrota.

A formação orientada pelo professor Leal volta a baquear no segundo tempo, á semelhança do que tem acontecido nos últimos encontros. Recorde-se que no encontro da ronda anterior, frente ao Paços de Ferreira, o Lousada realizou uma boa primeira parte, mas sofreu dois golos. Na Trofa, a etapa complementar também havia sido deveras nefasta, onde sofreu seis golos nos últimos quinze minutos da partida.

Com esta derrota, o Lousada cai para o antepenúltimo lugar, unicamente á frente do Desportivo das Aves e Ataense. Vida difícil para os lousadenses que não consegue os pontos que tanto necessitam no momento mais complicado da época.

Nos outros jogos da jornada, o líder Alfenense cumpriu ao vencer em Vila Meã por 2-0 e manteve-se no comando da tabela classificativa. Na perseguição, o Trofense não desarma e neste domingo, foi a Penafiel aplicar uma goleada de 6-0. Em igualdade pontual com os jovens da Trofa, o Paços de Ferreira recebeu e bateu o Freamunde por 3-0.

Na próxima jornada, o Lousada recebe o Freamunde, em mais uma final crucial, com outra das equipas “aflitas” na classificação.
 

Juvenis: Aparecida 1-2 Lousada

 









O Lousada alcança o seu primeiro triunfo fora de portas, ao vencer por 2-1 no terreno do Aparecida.

Num dérbi concelhio, a formação lousadense fez um primeiro tempo de grande qualidade e apontou dois golos. No segundo tempo, o ritmo ofensivo da equipa diminuiu e o Aparecida foi uma mais desinibida e dominou a posse de bola. Depois do tento que permitiu reduzir a desvantagem no marcador, o jogo abriu-se permitindo situações de golo em ambas as balizas. Em suma, o Lousada acabou por sofrer desnecessariamente, quando evidenciou um futebol superior ao praticado pelos locais.

A constituição das equipas foi a seguinte:

APARECIDA FC: Luís, Filipe, Jorge, Rebelo, António, Miguel, João Teixeira, Diogo, André, Hugo Teixeira e Ricardo.

Treinador: Fernando

AD LOUSADA: Tiago Melo, Sousa, Cristiano, Tiago, João Ribeiro, Miguel Ribeiro, Paiva, Topas, Tiago Magalhães, Bryan e José Pinto.

Treinador: Dantas Teixeira

A equipa lousadense principiou a partida da melhor forma e aos 6 minutos, na sequência de um pontapé de canto na direita a favorecer o Lousada, Miguel Ribeiro simula o desvio e ao segundo poste, o central Tiago desvia para o primeiro golo da partida. Os locais não conseguiam circular a bola e a formação de Dantas Teixeira mostrou-se tacticamente acertada em todos os sectores.

Aos 17 minutos, Tiago Magalhães coloca a atenção do guardião Luís á prova, num remate forte e de longa distância, com o esférico a passar perto do poste direito. O Aparecida cria perigo e na sequência de um pontapé de canto na direita, surge Miguel á entrada da grande área a rematar ligeiramente por cima.

Perto da meia hora de jogo, o Lousada marca novamente na partida. Aos 28 minutos, boa jogada de José Pinto pela esquerda, coloca á entrada da grande área, a defensiva do Aparecida não consegue desviar o esférico e Topas, escapando ao último reduto dos locais, recebe o esférico e remata forte, com a bola a bater no poste e a entrar na baliza. Estava feito o segundo tento na partida, dando margem de manobra aos lousadenses para o resto da etapa inicial.

Aos 35 minutos, o médio lousadense Miguel Ribeiro coloca no centro em João Ribeiro, que atira de trivela, com a bola a passar muito perto do travessão da baliza à guarda de Luís. Volvidos três minutos, surgem as primeiras alterações no Lousada. José Pinto e Cristiano, cedem lugar a Luís e Martins.

No segundo tempo, a turma de Dantas Teixeira podia ter feito novamente golo, quando aos 42 minutos, Tiago Magalhães bate um canto na direita e Miguel desvia de cabeça á barra. Na recarga, gera-se grande confusão no interior da pequena área, mas a bola acabou por não entrar. No entanto, numa interessante joga colectiva, o Aparecida faz o golo aos 55 minutos, mas é anulado por posição irregular.

O jogo, nem sempre bem disputado, mostrava que o Lousada estava a gerir a vantagem, enquanto os forasteiros ambicionavam o tento para reduzir a desvantagem eu se verificava no marcador.

Aos 70 minutos, o central Jorge, que havia saído do banco de suplentes, é expulso da partida por eventuais protestos ao árbitro da partida. Recorde-se que este jovem esteve quatro jogos a cumprir castigo e com esta expulsão, volta a ficar penalizado. Após a expulsão, na transformação de um pontapé livre, Miguel atira tenso para a grande área, a bola bate no terreno, engana o guardião e o esférico entra na baliza.

Volvidos três minutos, o central Tiago domina o esférico com o braço e o árbitro assinala o castigo máximo. Na conversão, Hugo Teixeira atira para a direita e o guardião Tiago Melo a opor-se com uma grande intervenção.

No entanto, aos 77 minutos, Hugo Teixeira, o atleta que falhou a grande penalidade, fez falta sobre um atleta do Lousada e vê o cartão amarelo. Alguns segundos depois, o árbitro da partida apercebe-se de algum insulto, mostra novamente o cartão amarelo e respectivo vermelho. As duas equipas ficam em pé de igualdade, com 10 unidades em campo.

Já em tempo de compensação, o Aparecida esteve perto de marcar. Livre cobrado por Miguel, a defensiva do Lousada não alivia o esférico, Jorge Torres remata á meia volta e o esférico sai muito perto da barra da baliza lousadense.

Triunfo importante que permite ao Lousada amealhar pontos face ao líder Lixa que perdeu em Freamunde por 1-0. Na próxima jornada, os Juvenis lousadenses recebem em casa o Sobrosa.
 

 

Publicado por: Futebol Lousada às 14:22
link do post | comentar | favorito

LOUSADA

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

LINKS

Arquivo

Outubro 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Janeiro 2007

RELÓGIO

CONTADOR DE VISITAS


Contador Grátis

MENSAGENS


Notícias Recentes

J D Meinedo - G D Vale AV...

JDM

Meinedo Vence Adiscrep

GRANDE JOGO DA JORNADA

Agenda Futebol da Região

Lousada em sérias dificul...

Meinedo - A D Penafiel

Meinedo Futsal

J d Meinedo 5 – 2 A D Car...

J D MEINEDO vs A D cARVAL...

Fotos de Lousada

?????????

Últ. Comentários

Obrigado por esclarecer-nos essa questão e parabén...
Parabéns, muito bom artigo.Creatina é bom mesmo.Ta...
Eu faço musculação e queria tomar creatina é bom?
Não está nessa, mas está na que se apresenta um po...
Bom dia,Muito bem, gostei desta recordação efectua...
Cada vez está melhor.Não fala só da A D Lousada
força lousada muita garra EM 2009
Há nao desanimar Pessoal! Força ai LLLLOOOOUUUSSSA...
EU VOU LÁ ESTAR.FORÇA LOUSADA
Todos ao Estadio Municipal de Lousada, APOIAR ESTA...